0

PowerShell – WinRM remote connection error

Hoje um cliente entrou em contato comigo com problema para abrir o Exchange Management Computer (EMC) e o Exchange Management Shell (EMS), o erro acontecia porque não conseguia abrir uma sessão PowerShell no servidor.

A mensagem de erro era a igual abaixo:

Enter-PSSession : Connecting to remote server server-a.nitmail.com failed with the
following error message : The client cannot connect to the destination specified in
the request. Verify that the service on the destination is running and is accepting
requests. Consult the logs and documentation for the WS-Management service running
on the destination, most commonly IIS or WinRM. If the destination is the WinRM
service, run the following command on the destination to analyze and configure the
WinRM service: "winrm quickconfig". For more information, see the
about_Remote_Troubleshooting Help topic.

Pesquisando na Internet são sugeridos dois comandos que devem ser rodados como administrador:

winrm quickconfig
e
Enable-PSRemoting

Tanto o winrm quickconfig (que informou que o acesos remoto já estava configurado) e o Enable-PSRemoting não surtiram nenhum efeito.

Verificando qual IP estava configurado no listener, descobri que ele estava escutando somente na 127.0.0.1.

Para verificar em qual IP o listener está ouvindo rodei o seguinte comando. Abaixo deveria ser o resultado esperado:

netstat -aon | find "5985"

A porta padrão usada pelo WinRM é a 5985 e deveria estar ouvindo no 0.0.0.0 conforme o resultado abaixo:

TCP 0.0.0.0:5985 0.0.0.0:0 LISTENING 4

No meu caso, ele estava ouvindo somente no IP 127.0.0.1, que confirmei rodando o comando abaixo

netsh http show iplisten

E somente retornou 127.0.0.1 na lista.

Para corrigir precisamos reconfigurar o listener, retirando o 127.0.0.1 e reconfigurando o listener:

netsh http delete iplisten 127.0.0.1

Agora é só verificar se os IPs estão corretamente configurados no listener:

winrm/config/listener

Um agradecimento especial ao blog rcmtech por me ajudar a resolver esse problema.

Eduardo Seixas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.